quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Vestibular

Iniciei este mês as aulas do curso de Letras, da Anhanguera. Fiz o vestibular no dia 29 de Junho, onde escrevi a redação mais abaixo em cerca de 1 hora e saí às pressas, pois tinha uma rústica para correr.

Após um texto de Diogo Schelp, da Revista Veja,  a seguinte pergunta ditava o tema da redação: Amizade Virtual: Sinal positivo ou negativo dos tempos modernos ?

As Amizades Virtuais e seus Reflexos Positivos na Sociedade

As redes sociais vieram para ficar. Elas são uma realidade da nossa sociedade atual. Neste nosso mundo globalizado, tudo e todos estão conectados.

Um reflexo dessa globalização em tempos de internet são as amizades virtuais. Explico: pessoas a quem consideramos amigos sem, no maior das vezes, conhecer pessoalmente. A amizade virtual não é um fenômeno tão recente quanto os famosos Facebook e Orkut. Este fenômeno nos remete aos primórdios da "www ", quando surgiram as salas de chat e o ICQ, onde era possível conhecer pessoas de todos os cantos do mundo.

Atualmente, em um site como o Facebook, é possível criar grupos de dicussão sobre inúmeros temas. Sua faculdade, pessoas que já leram Nicholas Sparks, sobre esportes, entre outros. Além disso, inúmeros fóruns sobre as mais diversas temáticas se multiplicam na internet. Desta forma, uma pessoa que leu e adorou "Um Amor Para Recordar" pode residir em Porto Alegre e discutir sobre o livro com um morador de Manaus e desta forma criar uma amizade.
Por outro lado, alguns podem alegar que certas pessoas se cercam de amigos virtuais e se fecham ainda mais para o "mundo real". É verdade. No entanto, julgamos que isso seja pouco para afirmarmos ser um sinal negativo.

Ante o exposto, em linhas gerais, afirmamos que as amizades virtuais são sim, um sinal positivo dos tempos modernos, a depender, é claro, do uso que se faça das ferramentas de tecnologia que a proporcionam e da forma como lidamos com os reflexos proporcionados por elas.

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Blog do Éd, 5 anos !

Há 5 anos atrás, eu postava pela primeira vez neste endereço.

Com altos e baixos de regularidade acabei conseguindo manter este blog à base de textos inúteis e sem nenhuma relevância. Sem nenhuma audiência também.

É um blog como eu: pobre e egoísta. Escrevo textos meus, sobre assuntos que quero escrever, que não possuem nenhuma utilidade para o resto da sociedade. A maior parte é apenas minha opinião. Na verdade, a maior parte são sonhos que tive.

Mas é legal. Parabéns para mim.