terça-feira, 4 de outubro de 2016

Sonhos do Éd #36 - O livro que foi ao infinito

Clareava o dia, temperatura agradável. Saí para o pátio da minha antiga residência, com o livro A Arte da Meditação, de Daniel Goleman. 



No sonho, era uma edição com capa dura, maior do que o livro que realmente tenho, que é uma versão de bolso.

Com o livro em mãos, no meio do pátio, grito: "Budaaaaaaaaaaaaaaa...." e jogo o livro para o céu. 

O livro sobre, sobe, sobe... E desaparece no infinito.

Após, fiz uma dedicação de méritos (algo como uma oração para que todos os seres sencientes encontrem felicidade e se libertem do sofrimento) e acordei.

Nenhum comentário: