sábado, 9 de outubro de 2010

Sonhos do Éd #12 - Na Construção Civil

Sonhei que eu estava trabalhando numa construção a céu aberto, aparentemente um muro ou um alicerce. Tinha um pedaço de muro quebrado (ou ainda não construído) por onde saiam os materiais da obra. Isso mesmo, os materiais saiam da obra. Eu carregava sacos de cimento (de 50 kg) com uma facilidade que não tenho na vida real. Os sacos pesavam como se fossem a caixa de doces de batata que comprei essa semana. Juntamente comigo, estava o famoso ex-boxeador uruguaianense Luiz Tibiriçá, o "Tibira". Ele estava ao lado de uma betoneira me dando instruções e lições de moral.
Ele dizia algo como "Esse serviço é muito bruto pra ti", ao que eu respondia com frases irônicas que levavam a crer que eu tinha sido um garotinho criado a leite-com-pêra e Ovomaltino. A ironia não era compreendida pelo antigo pugilista, que se chocava e fazia mais comentários do tipo "Tu não tem força para lutar boxe, cara", ao que eu reforçava as ironias, em uma delas eu lembro que disse que ganhava só na malandragem, e não precisava comer carne (?).
O sonho acabou, logicamente no momento que acordei (embora eu já tenha tido sonhos que seguiram depois de acordado), precisamente quando eu colocava um saco de cimento em um compartimento (carroceria de caminhão ou vagão de trem).

Nenhum comentário: